Pesquisar

sábado, 18 de outubro de 2014

AEW & C - controle e alerta antecipado aerotransportado

Embraer E-99 da FAB 
*
Muitos curiosos em aviação militar acreditam que os caças são os Top Gun das forças aéreas ao redor do planeta, aqui no Brasil, o sonho é sempre ser piloto de Mirage e futuramente do Gripen. Até quem sabe um F-5BR ou um AMX, porém ninguém tem vontade de ser piloto de E-99 (? o que é isso ???)
*

Boeing E-3 Sentry (sentinela) AWACS (airborne early warning and control) utilizado pela USAF.
*
O Embraer E-99 é nosso avião de AEW & C, ou seja, traduzido do inglês: controle e alerta antecipado aerotransportado. Ele fornece assim como as bases de solo uma informação em tempo real, no céu de batalha, aos caças que todos gostamos.
*
Controle e Alerta Antecipado Aerotransportado
O diagrama acima, do nosso Embraer E-99 AEW&C mostra a função da aeronave AEW em um céu de batalha. O avião, posto de controle, possui um radar que coleta informações e em tempo real as transmite a outros aviões, bases em solo, baterias de SAMs e navios. Ao mesmo tempo que a aeronave AEW passa tais dados, seu posto de controle pode orientar esquadrões de caças até o provável alvo.
*
Acima, um Boeing 737 AEW & C da Força Aérea da Coréia.
*
O sistema AEW & C consiste em um radar de busca montado em uma aeronave, que transporta também todo sistema de processamento, controle, armazenamento e distribuição desses dados coletados.
Acima, o diagrama interno de um Boeing 737 AEW & C.
*
Tipo de aeronaves AEW & C
*
 No passado criaram-se várias plataformas para o transporte dos sistemas AEW&C, essas tornaram aviões tradicionais em verdadeiros monstros, que cairiam bem em uma postagem do tipo: Os Aviões Mais Bizarros do Mundo - Aeronaves AEW & C. O Fairey Gannet AEW (imagem acima), utilizado pela Royal Navy nos anos 50 e o Bae Nimrod AEW (imagem abaixo) utilizado pela Royal Air Force entre os anos 1980 e 1990 são um bom exemplo desses esquisitões.
*
 *
Os EUA utilizaram-se por algum tempo o Grumann E-1, abaixo:
Por serem aviões utilizados pela USN em porta aviões, os E-1 eram compactos e baixos, assim caberiam nos hangares com mais facilidade.
*
 A USAF utilizava-se dos belíssimos Super Constellation (EC-121) equipados com o sistema AEW & C e não muito longe deles a URSS utilizava-se do Tupolev Tu-126 (abaixo).
 No fim da Guerra Fria, com a necessidade de um avião embarcado AEW & C, a URSS chegou a projetar o Antonov An-71 (abaixo), porém o mesmo nunca chegou a ser utilizado operacionalmente.
*
Aeronaves atuais de AEW & C
*
Embraer R-99 AEW & C
O E-99 é o jato comercial EMB-145 equipado com o radar sueco Erieye com alcance variável entre 350 a 450 km ao redor do avião. O R-99 é utilizado hoje pela Grécia e pelo México. A Índia utiliza-se de um EMB-145 similar ao R-99 chamado de EMB-145 AEW DRDO.
*
Boeing E-767
O Japão é o único país do mundo a utilizar-se de uma plataforma Boeing 767 para a função AEW & C. O radar utilizado pelo E-767 é o AN/APY-2, o mesmo usado nos E-3C exportados para os países aliados aos EUA ou da OTAN. Somente quatro E-767 foram produzidos.
*
Beriev A-50EI
 A versão do Beriev A-50 utilizada pela Índia é considerada hoje a plataforma AEW & C mais avançada de todas disponíveis. O radar AESA EL/W-2090 israelense é o mais moderno da categoria, utilizado em uma plataforma equipada com motores Aviadvigatel PS-90. Três estão em serviço atualmente e mais dois encomendados.
*
Beriev A-50
 Fora os modelos norte americanos o Beriev A-50 é a plataforma AEW & C mais produzida e utilizada em todo mundo. cerca de 40 A-50s foram produzidos desde 1984. A Rússia utiliza hoje 26 aviões A-50 e dois modernos A-50U (foto acima).
*
KJ-2000 AEW & C

O KJ-2000 é um Ilyushin IL-76 adaptado com um radar AESA de fabricação própria (chinesa). Ao todo cinco aviões desses foram produzidos e servem à PLAAF.
*

 Em termos gerais, os aviões A-50, A-50EI, A-50U e KJ-2000 utitlizam-se de mesma fuselagem. O uso de uma fuselagem padrão permite que a Rússia e seus aliados façam o mesmo que a OTAN e os EUA, como na imagem acima, um avião tanque russo IL-78 abastece em vôo um A-50EI indiano.
*
Boeing 737 AEW & C
Nos anos 2000 a Boeing modificou um 737-700ER para transportar um sistema AEW & C e atender a Força Aérea Australiana. o 737 AEW & C hoje é usado não só pela Australia mas também pela Coréia do Sul e pela Turquia. Ao todo doze aviões 737 AEW C foram produzidos.

 Boeing E-3 Sentry (sentinela) AWACS
O mais famoso é conhecido de todos aviões AEW & C é o norte americano Boeing E-3 Sentry, usado pela USAF, pela OTAN e por alguns países aliados. Ao todo foram construídos 68 desses aviões, dos quais 65 ainda permanecem em serviço mesmo após 37 anos de sua introdução na USAF.*
O Sentry é famoso não só pelo seu radar AN/APY-1 mas também por seus acidentes notáveis. O avião ainda usa a mesma fuselagem do antigo Boeing 707 que foi produzido de 1958 a 1978. Apesar de antiga a fuselagem do 707 permite que o sentry possua um alcance de 6400 km e uma autonomia de 8 horas de vôo.
*


Com três aviões totalmente perdidos em acidentes a Boeing decidiu-se por atualizar seus Sentry com novos aviônicos e motores. A introdução do novo motor mais possante e econômico já começou, o motor turbofan CFM56-2 permite um ganho de 1600 km no alcance máximo e uma maior segurança para essa preciosa aeronave do inventário da USAF.
*
Grumman E-2 Hawkeye


O Hawkeye é a plataforma AEW & C mais usada no mundo, cerca de 80 aviões desses ainda estão em serviço por todo mundo, sendo que a US NAVY é seu maior usuário. O pequeno turbohélice entrou em serviço em 1964 e ainda não possui um substituto em vista.
*
A vantagem do E-2 é que ele pode ser embarcado em porta aviões, como acima no porta aviões Francês Charles de Gaulle. O Hawkaeye tem uma velocidade média de 470 km/h e pode voar até 2700 km.
*
Outros AEW & C
*
Outros países também desenvolveram seus próprios aviões de AEW ou adaptaram o radar de busca e a estação de controle em aviões importados. Os AEW atuais em serviço são:
*
C-295 AEW
O projto espanhol C-295 AEW ainda está em fase de testes, mas se o avião for aprovado, provavelmente será utilizado pelos países que formam o consórcio europeu Airbus Military, fabricante do modelo básico de carga C-295.
*
Shaanxi KJ-200
A China testou durante algum tempo um Shaanxi Y-8 com um sistema AEW, depois de um acidente fatal, o projeto foi arquivado em favor do maior, mais moderno e completo KJ-2000. Contudo ainda há interesse do Paquistão em adquirir esse avião, que pode em breve voltar a ser testado.
*
Saab 2000 AEW
Saab 340 AEW
A plataforma AEW Erieye utilizada no R-99 da EMBRAER pode ser montada sobre dois aviões suecos similares, os turbohélices Saab 340 e Saab 2000.
*
Fairchild C-26A AEW
 O México utiliza-se de um Fairchild C-26 (acima) como plataforma de AEW.
*
Gulfstream G550 CAEW

 Utilizado pela Singapura e por Israel, o G550 AEW é tão avançado como o A-50EI, pois utiliza-se da mesma tecnologia de radar AESA empregada nos aviões indianos.
*
Mikoyan Mig-31BM
Mesmo não sendo exatamente uma plataforma AEW & C como as anteriores, uma das inovações implementadas nos Mig-31BM é a capacidade de rastreamento e monitoramento de até 24 alvos aéreos simultâneos, localizados em distâncias até 320 km do avião.
Tais dados podem ser compartilhados com outras plataformas Mig-31BM e repassados à outros postos militares (navios, bases em solo, aviões, helicópteros e bases de mísseis). Em teoria, quatro Mig-31BM podem fornecer a mesma quantidade de dados de uma grande plataforma AEW&C como o Beriev A-50.
*
Helicópteros
*
Westland Sea King AEW
O primeiro helicóptero AEW surgiu em 1982, com a necessidade de uma plataforma de controle e fornecimento de dados aos Sea harrier da Royal Navy, durante o conflito Falklands/Malvinas. Com a desativação dos porta aviões ingleses, hoje provavelmente os 7 em serviço no Illustious, retirado em 24 de agosto desse ano já devem estar com a aposentadoria marcada.
*
Kamov Ka-31
Cerca de 35 helicópteros Ka-31 foram fabricados pela Rússia desde 1995. O helicóptero mesmo que pequeno, fornece dados vitais a usuários de porta aviões não aliados aos EUA, assim o Ka-31 é usado hoje pela VMF, pela Marinha Chinesa e pela Marinha Indiana.
Curiosamente a Índia utiliza-se de seus Ka-31 não só a partir de embarcações, mas também a partir de bases em terra. A desvantagem desse helicóptero perante as demais plataformas AEW & C é seu curto alcance de apenas 600 km.
*
EH-101
O mais recente helicóptero pesado europeu, o Merlin, é o susbstituto do Sea King, assim sua versão AEW & C EH-101 consequentemente sucede o Sea King AEW & C. O helicóptero é usado atualmente pela Marinha Italiana, que opera quatro unidades, duas a bordo de cada um de seus porta aviões. Futuramente o EH-101 será utilizado também nos super porta aviões da Classe Queen Elizabeth, em construção atualmente.
*
AEW & C
*
A tendência atual é que mais países venham a utilizar-se de plataformas AEW & C, pois o alerta antecipado e o posto de comando 'in loco' tem ajudado muito os caças nos conflitos atuais.
*
 Hoje a FAB opera cinco aviões E-99, com mais dois encomendados, porém com a chegada futura dos novos Saab Gripen, essa quantidade pode ainda aumentar.
***

2 comentários:

  1. O novo Beriev-A100 que a Rússia está desenvolvendo empregará motores 30% mais econômicos, e em termos de aviônica superará todos estes. Esqueceram de mencionar o YAK-44 soviético que é mais avançado que o Antonov-71.

    ResponderExcluir
  2. Não me esqueci não Vitor, não o coloquei pois nem chegou a ser construído.

    ResponderExcluir