Pesquisar

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Bombardeiros russos na Venezuela

 Hoje pousaram pela segunda vez dois bombardeiros estratégicos Tupolev Tu-160 da VVS na Venezuela. O Tu-160 é dificilmente engolido pelos militares, autoridades e entusiastas norte americanos, assim como a maioria dos leitores do blog, que é fã dos aviões norte americanos, pois o Tu-160 ainda é o maior, mais rápido, com maior alcance e carga de armas de todos aviões militares jamais construídos.
 Essa é a segunda vez que um Tu-160 pousa fora da Rússia desde 2008, quando dois Tu-160 vieram para a Venezuela. O trajeto de vôo dos bombardeiros foi de 10.000 km, feitos em 13 horas, sem reabastecimento, à partir da base de Engels em Saratov (Rússia).
A intenção da missão é executar exercícios militares conjuntos com a Venezuela além é claro de mostrar ao mundo que a Rússia ainda possui aviões militares com alcance global.
 http://en.ria.ru/military_news/20131029/184402932/Russian-Tu-160-Strategic-Bombers-Land-in-Venezuela.html
*
Veja mais em:

4 comentários:

  1. Respostas
    1. B1-B
      Peso
      Tara 87100 kg
      Peso total 148000 kg
      Peso bruto máximo 216400 kg

      Velocidade máxima 1100 km/h à 1340 km/h (Mach 0.92 à 1.25)
      Alcance bélico 5544 km
      Alcance 11999 km
      Tecto máximo 18000 m

      como vc tem coragem de falar que ele é melhor? o TU-160 tem velocidade de mach 2.08 e alcance muito maior!

      Excluir
  2. Seja inteligente Cabal, mostre que não és mais um ignorante falando asneiras no meu blog, mostre que sua afirmação é verídica, especifique, mostre-me diferenças, mostre me onde o B1B é melhor (se fores capaz, coisa, que duvido muito).

    ResponderExcluir
  3. os ruusos so ficam atras para os americanos por causa de verbas para a execuçao de alguns programas e produçao de certos meios tanto como a continuaçao de certos programas quwe eles foram os pioneiros.Ate porque tudo o que os americanos e nato têm e usam os russos são capazes de produzir e nao do zero porque les ja têm o programa so lhes falta mesmo verbas.Deixem de julgar a russia por ate agora é unica potencia capaz de fazer frente aos eua.

    ResponderExcluir