Pesquisar

sábado, 7 de setembro de 2013

Maks 2013 vista de um outro ângulo

8 comentários:

  1. Fotos fantásticas, parabéns! Teu blog está a cada dia melhor, sempre com "matérias" que só se vê aqui. Abç.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá The Jackal, é com grande prazer que recebo sua visita e seus comentários por aqui. Grato pelo elogio ! Abraços !

      Excluir
  2. Eu ficaria mt contente só c a metade de td armanto Russo p as n FAs ..Sds.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que só um décimo do que a Rússia tem já seria o suficiente para o Brasil. Grato pelo comentário.

      Excluir
  3. É um dos melhores blogs para quem não quer só ver o óbvio que existe por aí, existe muita coisa interessante, principamente vinda da ex-URSS. Mas para aguar o seu chop, Flávio, o míssil Bulava, que deveria equipar todos os novíssimos submarinos Borei, está paralisado por falhas e testes fracassados, o desenvolvimento do programa tem sido alvo de contínuos problemas com avarias que resultaram em praticamente metade dos lançamentos abortados ou sem sucesso. Vale lembrar que este sistema de armas é o mais sofisticado de que a Rússia dispõe em termos de armamentos estratégicos e foi concebido exclusivamente para os Borei. O T-50, rival do F-22 que já voa há mais de 15 anos, só deve entrar em operação em, no mínimo, 10 anos. As coisas não estão boas para eles.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é o Bulava segue mesmo com problemas, já fiz até uma postagem sobre o assunto, com imagens do yuri Dolgorukiy voltando ao estaleiro para a verificação dos mísseis... mas falhas de projeto são normais né... lembra do teu comentário sobre o problema no F-35 né... hoje somam-se cerca de 719 a 800 problemas que o avião possui, além é claro do acréscimo de 70% no custo unitário previsto. Convém se ressaltar que o F-35 é o maior e mais importante programa de defesa norte americano, sendo também o maior e mais oneroso programa militar de toda história, mas segue com consecutivos atrasos, mentiras por parte do fabricante e problemas sobre problemas. Depois de perder na diplomacia para a Rússia, aliado aos problemas do F-35, quem está mesmo em baixa agora são os EUA, isso não tem como ser contestado. Grato pelo retorno blog !

      Excluir
  4. Na primeira foto o Mig-29 no meio do Su-35 e Mig-31 fica bem pequeno. Mig-31 e Su-35 dois pesos pesados da aviação de caça.
    Imagens fantásticas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Adriano, todos eles são mesmo "feras" na aviação de caça, exceto o Mig-35 que ainda está com o futor meio incerto. Vamos ver se os novos Migs em produção vão mesmo entrar na VVS. Grato pelo comentário.

      Excluir