Pesquisar

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Vamos atacar a Síria !

Hoje é um ótimo dia para os EUA atacarem a Síria...Afinal a Frota Russa do Mar Negro está bem em frente e ainda chega reforços do Norte...
***

8 comentários:

  1. Respostas
    1. Realmente precisa de mais um pouco de conhecimento...

      Excluir
  2. toda a gente sabe k o material russo ñ se compara ao ocidental e vc faz uma propaganda!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Amandio, o mindo todo sabe que o armamento russo não presta... Por isso ninguém compra nada deles ! Vc viu os lindos AH-1 Sabre que o Brasil comprou dos EUA... Pois é, podiam ter comprado o Mi-35, mas preferiram os americanos... Tb agora, que a Dilma visitou Washington.. Comprou mísseis Igla americanos... Cara sinceramente responder para ti é perda de tempo... Seja lógico é rápido, se meu blog não presta, pq tu não vai frequentar outro blog ???

      Excluir
  3. Flávio, td bem?

    Essa movimentação toda de navios russos, diga-se de passagem impressionante pela quantidade, ao redor da Síria, isto não é normal, não?

    Pela movimentação, as conversas e os ânimos estão meio acirrados.

    A propósito, vc viu este vídeo no Youtube?
    http://www.youtube.com/watch?v=uqSpZs1M7NI.

    Os mísseis à meia-nau, de que tipo são?

    É uma modernização recente, talvez.

    Abraços. O blog é muito bom.

    PS: O que vc tem lido a respeito sobre a situação operacional do SU-34? Procedem as especulações de que ele não é ainda plenamente capaz?

    Abs.

    PCOA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá PC Taubaté !

      Na Síria existem cerca de 30.000 russos, em sua maioria familiares de engenheiros e técnicos que lá trabalham, tanto militares como civis (construção civil), e devido ao iminente ataque da OTAN ao governo de Bashar Al Assad, a Frota Russa se posiciona talvez para a retirada desses russos que lá residem.

      De acordo com o governo russo, tão podre e mentiroso como o nosso, a Frota está a fazer "exercícios navais"...

      É óbvio que querem alguma coisa por lá, pois desceram com o Moskva, que não é comumente utilizado fora do Mar Negro.

      Realmente é mentira esse papinho furado de "exercício", pois com o mar inteiro a disposição, pq a Frota Russa faria exercícios em frente a um local em conflito !!!

      Mas ainda nada é confirmado, só sei que enquanto eles estiverem por lá, a OTAN não é idiota de atacar, como ocorreu na Geórgia, em dezembro de 2008, quando o Moskva e alguns outros navios bloquearam a passagem dos fuzileiros navais norte americanos que desembarcariam em Poti como auxílio ao governo do Saakashvilii.

      A US NAVY é inteligente, não vão arriscar perder um porta aviões defendendo um país que não é os EUA.

      ______________________________________

      Obrigado pelo vídeo, não havia visto ainda.

      O Smetlivy é o navio de guerra mais antigo da VMF (Voyenno-Morskoy Flot), ele foi comissionado em 1969 ainda durante a URSS. Ele ainda é mantido operacional devidas as modificações que ele recebeu ao longo dos anos. Os lançadores quádruplos de míssies que vc viu a meia nau são os Kh-35, uma espécie de Exocet russo.

      É o menor míssil antinavio fabricado pela Rússia, e largamente exportado. A vantagem de um míssil desses é que devido a seu tamanho, ele pode ser instalado em quase qualquer navio.

      Escrevi algo sobre ele a um tempo atrás: http://tecnologiamilitareaeronautica.blogspot.com.br/2012/01/misseis-anti-navio-parte-1-anti-ship.html o Kh-35 é o que tem duas minas sentadas nele (kkkkk)...

      _______________________________________

      Sobre o Su-34, não sei dizer ao certo se ele é ou não totalmente capaz, pois a cada lote os aviões aparecem diferente... Realmente ele demorou mais de 10 anos para entrar em serviço e ter sua produção em série liberada, porém tudo o que disserem por aí ainda é mera especulação, já que esse avião é de uso exclusivo da Rússia e não será exportado.

      Sobre o Su-34 agora o que nos resta mesmo é esperar...

      Abraço, obrigado pelo elogio e pela participação.

      Flavio.

      Excluir
  4. Que belíssimo navio!!!! Que quantidade enorme de sensores!!!! Gosto mais das belonaves com design antigo que das recentes com tecnologia "stealth me engana que eu gosto". Essa nave russa tem mais armamentos que todas as nossas Inhaúma juntas, acho que nem 3 Niterói podem dar combate a um destroyer super-armado desse, a Rússia é uma potência em todas as instâncias: ar, mar e ar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse navio é bem antiguinho e mesmo com os Kh-35 Ural ele está bem desatualizado... Sua última reforma foi em 1990... Tenho que concordar como o Amandio lá de cima... Tanto que ele é o único sobrevivente na Rússia de uma classe com 25 irmãos, porém existe a previsão da construção de mais 25 navios, das classes Grigorovich e Gorshkov, de mesmo deslocamento, porém todas armadas com mísseis Onix e os hipersônicos S-300 (naval), esses últimos, podem ser utilizados contra armas balísticas, assim como os RIM-161 dos EUA. Mais uma vez, agradeço tua participação amigo Carlos.

      Excluir