Pesquisar

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Beriev A-50 - A sentinela aérea da Rússia

  O A-50 é a aeronave de alerta antecipado da VVS. Seu radar Vega-M é do tipo rotor-dome montado acima da fuselagem.
 O radar VegaM localiza cerca de 300 (objetos) e monitora até 50 possíveis alvos tanto no ar, como em solo e na superfície do mar.
Seu alcance de detecção é:
Para alvos aéreos:
800 km para mísseis balísticos
650 km para bombardeiros e aeronaves de comando
300 km para caças e aeronaves pequenas
215 km para mísseis cruzadores e aeronaves com RCS menor que 1 m²
Para alvos em solo:
300 km para lançadores de SAM (míssil anti aéreo) montados em veículos
250 km para veículos de perfil baixo (tanques, blindados de EW, etc)
No mar o alcance é limitado apenas pelo horizonte.

 O Beriev A-50 utiliza a mesma célula do Ilyushin Il-76, permitindo que seja operado em quaisquer condições, mesmo em pistas precárias, cobertas de gelo ou areia. Com um peso maximo de decolagem de 190000 kg o A-50 é hoje uma das maiores aeronaves de guerra eletrônica em serviço no mundo.


   Com uma velocidade de cruzeiro de 800 km o A-50 tem uma autonomia de patrulha superior a 7000 km. Tal autonomia pode ser duplicada de o avião for reabastecido em vôo, tornando assim o A-50 uma aeronave de alcance global (estratégica).
 A Força Aérea Russa (VVS) conta hoje com somente 26 aeronaves A-50 e A-50U (versão atualizada de 2008), seu número é pequeno devido ao fato de ser a aeronave de guerra mais cara produzida na Rússia, com custo unitário de cerca de US$ 330 milhões para o governo russo.
O avião é comparável ao E-3 Sentry utilizado pela USAF (32 unidades) e pela Otan (18 unidades).
*
Vc também pode gostar de:
Forças Armadas da Rússia

Nenhum comentário:

Postar um comentário