Pesquisar

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Recuperação do SSBN Ekaterinburg

Em janeiro 2012 de acordo com a agência de notícias ITAR-TASS, o dano causado pelo incêndio de 29/dez/2011 teria um custo de cerca de 1 bilhão de rublos, Mais tarde, o valor foi avaliado em 600 bilhões de rublos.
Custo de reparo vai ser reduzido em quase metade do que estava inicialmente previsto, uma vez que os já havia um sonar Skat BDRM para o SSBN. O fogo destruíu o sonar e danificou seriamente o revestimento de borracha de casco externo do submarino. A recuperação do Ekaterinburg que será realizada pelo estaleiro Zvezdochka em Severodvinsk tem a previsão de durar até 2014, sendo que o SSBN tem que estar ativo na VMF até 2018.
O Ekaterinburg é uma das armas russas mais temidas pelo ocidente, com uma autonomia de mais de 90 dias submersa, o SSBN Ekaterinburg tem como armamento principal 16 mísseis Sineva, cada qual com 10 ogivas nucleares de 150 kt cada. Com um alcance de 11500 km, o Sineva pode ser lançado de qualquer parte do planeta, inclusive do pólo, como na foto acima.
 Nos testes de tiro, as ogivas do Sineva disparadas a partir do Mar Branco atingem o alvo com sucesso, no Polígono de tiro de Kura, no extremo oriente da Rússia.
*
Mais sobre o assunto em ordem cronológica:

Nenhum comentário:

Postar um comentário