Pesquisar

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Fragata Yaroslav Mudryy retorna a Rússia

Após uma patrulha de 2 meses no Mar Mediterrâneo, a fragata russa Yaroslav Mudryy retorna a Rússia:










A fragata Yaroslav Mudryy acompanhava a movimentação das Forças Tarefa norte-americanas no Mediterrâneo devido ao conflito na Síria. Após cumprido o prazo, a fragata é substituída por outro navio e retorna ao lar.
<<< 0 >>>

Força Aérea Russa recebe o 3º Su-35S


mais sobre o Su-35S:
***

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Aviação Naval Russa - AVMF

A Rússia é hoje um dos 14 países que possuem uma força aérea da marinha, que opera aeronaves tanto baseadas em solo como embarcadas em missões costeiras e oceânicas.
...
A AVMF, abreviação de Aviatsiya Voenno-morskovo Flota Rossii, ou Авиация Военно-морского флота России em russo, foi criada em 1912 e atualmente é a segunda maior força aérea naval do mundo. A AVMF conta hoje com  cerca de 360 aeronaves.
...
...
Divisões da AVMF
A AVMF conta hoje com 17 bases aéreas, atendendo a Frota do Norte, do Mar Negro, Pacífico e Báltico, além é claro, de um porta aviões na Frota do Norte.
...
Porta aviões Almirante Kuznetsov 
...
Aeronaves da AVMF
...
Sukhoi Su-27UB
O Su-27UB é a versão biposta do caça Su-27, ele pode ser utilizado em missões de interceptação, combate aéreo, treinamento (para o Su-33) além de ataque ao solo e anti navio. 
...
Sukhoi Su-33
É o único caça naval embarcado utilizado pela Rússia na atualidade. Sua função é de defesa da força tarefa, podendo ser utilizados em missões de interceptação e combate aéreo.
...
Mikoyan Mig-31
 
O interceptador Mig-31 é utilizado nas bases fronteiriças de onde podem defender a área contra aeronaves hostis de grande porte e estratégicas vindas do mar aberto, além da destruição de mísseis cruzadores, lançados de navios e submarinos, que visam como alvo as instalações militares navais costeiras. 
...
Tupolev Tu-22M3
O atacante supersõnico Tu-22M3 desempenha na AVMF o papel de defesa contra um ataque proveniente de uma força tarefa naval norte americana. Sua capacidade de transporte de mísseis anti navio supersônicos com ogivas nucleares, aliados a um alcance de 7000 km lhes dão a capacidade de neutralizar qualquer frota naval do mundo. 
... 
Sukhoi Su-24M/MR
O avião de ataque Su-24 assim como sua variante de reconhecimento MR lhes dão a capacidade de operar em missões táticas localizando e destruindo desde barcos pequenos até navios do porte de uma fragata. 
...
Sukhoi Su-25/25UTG
A AVMF utiliza duas versões do Su-25, uma delas, destinada a atacar embarcações pequenas e ou outro (UTG da foto acima), desde o ataque a embarcações, como o Su-25, até executar funções de reabastecimento em vôo, transporte e treinamento. 
...
Tupolev Tu-142M3
 
O Tu-142M3 é a maior aeronave de patrulha oceânica, seu tamanho é devido a ser também o mais rápido e de maior alcance dentro de sua categoria. Suas capacidades mantém essas aeronaves ativas desde os anos 80, sem previsão de substituição. Sua missão é localizar e rastrear navios e submarinos hostis em missões oceânicas. 
...
Tupolev Tu-142MR
 
O Tu-142MR é uma aeronave de comando e monitoramento dos SSBN da VMF, sua função é a comunicação com submarinos em missão em meio aos oceanos do planeta. 
...
Ilyushin Il-38

O Il-38 é a aeronave padrão de patrulha oceânica da AVMF. Seu desempenho, tamanho e função o igualam ao P-3C Orion norte americano. Apesar de executar basicamente a mesma missão do Tu-142M3, o Il-38 é muito mais econômico operacionalmente, óbvio ao custo de menor velocidade e alcance. O modelo que atualmente chega a metade de sua vida útil, vem aos poucos recebendo modernizações como a instalação de um novo radar e novos modelos de torpedos anti submarinos. 
...
Ilyushin Il-24RT
O Il-24RT é a aeronave de ELINT da AVMF, com ela são localizados e rastreados sinais eletrônicos diversos propagados pelo ar. Tais sinais podem fornecer dados sobre a localização de alvos na superfície e submersos. 
...
Beriev Be-12
O hidro avião anfíbio Be-12 é utilizado na região do Mar Negro para patrulha marítima porém otimizado para guerra anti submarino. Suas funções e capacidades se equiparam ao SH-5 chinês e ao Shin Maywa japonês, que são largamente empregados devido a sua capacidade de pousar e decolar diretamente da água. 
...
Antonov An-12
A AVMF utiliza somente a versão cargueira do Antonov An-12 para transporte de cargas até 20 toneladas. Para cargas maiores são utilizadas as aeronaves da VVS. 
...
Antonov An-24/26
 
Além dos An-12 a AVMF também dispõe de cargueiros menores como o An-24 e o An-26 (da foto) que possuem capacidade para até 5,5 t. Esses aviões são utilizados para transporte de mísseis, armas e munições em geral. 
...
Kamov Ka-27
O Kamov Ka-27 é o helicóptero padrão embarcado da VMF. Sua aparência exótica se deve ao fato do tamanho reduzido dos hangares dos navios de guerra. Sem a proeminente cauda com rotor traseiro, o Ka-27 tem 11,30 m de comprimento, contra 19,76 m do Sikorsky S-70 norte americano. Esse último é muito similar em desempenho e operacionalidade ao K-27. 
...
Kamov Ka-29

A versão de ataque ao solo derivada do Ka-27, entrou em serviço no final dos anos 90 a bordo do Almirante Kuznetsov. O Ka-31 tem a mesma função do norte americano Bell Super Cobra do USMC, que é a de fornecer apoio aéreo a tropas em terra. 
...
Kamov Ka-31

O Ka-31 AEW é a mais recente aquisição da AVMF para o monitoramento aéreo dos mares. A versão se baseia no Ka-29 porém sem os sistemas de armas e com um radar rotativo em sua parte inferior. Apesar do alcance limitado do helicóptero, o Ka-31 é vital para a orientação e controle de qualquer modelo de aeronave embarcada, pois a partir das informações fornecidas por ele pode se localizar um alvo ou ameaça com antecipação. 
...
Mi-8/14/24
A AVMF assim como a aviação naval norte americana ou de qualquer país, possui uma série de helicópteros para patrulha marítima, busca e salvamento, anti submarino, transporte, apoio de tropas e ataque. Além dos modelos específicos de uso naval como os Kamov descritos acima, a AVM ainda opera uma variedade de helicópteros baesados em terra, como o Mi-8 de busca e salvamento visto acima, o anfíbio Mi-14 e o Mi-24 de ataque. 
... 
Treinamento
 
Não é possivel dizer ao certo quantas e quais aeronaves de treinamento fazem parte da AVMF, porém sabe-se que além do Su-27UB, o Tu-134LL (imagem acima) é utilizado para o treinamento da tripulação dos Tu-22M3. A AVMF também pode utilizar os treinadores tchecos Let-39.
...
Futuro da AVMF
...
Com a nova política de união criada pela Rússia no setor aerospacial desde 2008, foi decidido que a partir de 2012 algumas das bases e aeronaves serão transferidas para a Força Aérea (VVS). A medida visa em primeiro lugar a redução de custos operacionais e em seguida a modernização das aeronaves das forças armadas russas. Assim a VVS (Força Aérea Russa) ficará com 4 das 17 bases da AVMF além das aeronaves de ataque de longo alcance Tu-22M3, com os Su-24M para convertê-los no padrão atual M2, com os Su-24MR de reconhecimento, os Su-25 e os Mig-31, a serem convertidos para o padrão BM. 
...
Ainda é previsto para o futuro a aquisição de novos aviões, como:
...
Mikoyan Mig-29K
O Mig-29K é um programa que surgiu na época da construção do Almirante Kuznetsov no início dos anos 90. Na época, o desenvolvimento conjunto do Mig-29M, fez com que o modelo naval recebesse também um radar multi função que lhe permitia o transporte e lançamento de mísses ar superfície e anti navio. Após 20 anos, os Su-33 precisam serem substituídos por um modelo multifuncional, e assim foi escolhido o Mig-29K.
Seu desempenho geral o assemelha em capacidades ao F/A-18E Super Hornet, porém o modelo russo conta com mísseis de longo alcance, rastreador infra vermelho e extrema manobrabilidade em combate corpo a corpo. 
...
Sukhoi Su-39
O projeto do atacante naval, em uma versão econômica, Su-39 parece não ter lugar na aviação embarcada da nova Rússia com o advento do Mig-29K, porém ainda é plausível o boato de que esse avião ainda entra em produção. 
...
Sukhoi Su-30
O caça multifuncional Su-30 só entrará em serviço na AVMF na região da Criméia para substituição dos antigos Su-24. Outras bases da AVMF não contarão mais com aeronaves de combate, que a partir de 2012 só serão utilizadas pela VVS. 
...
Beriev Be-42
Assim como os P-3 Orion norte americanos, o Il-38 necessita de um sucessor, que até então o mais cogitado fica na proposta da Beriev, o Be-42 Albatross. Com capacidade similar ao novo P-8 Poseidon que entrará a serviço da US Navy, o Be-42 é um hidro avião anfíbio de propulsão a jato que quebrou uma série de recordes da classe na década de 90. A Rússia pós colapso da URSS não possuía verba para inicar a produção da aeronave, que até agora encontra-se parada. Assim como o cargueiro Il-76MF evoluiu para o modelo Il-476, renascendo das cinzas após 10 anos, finalmente entrando em produção ano passado, o Be-42 pode também renascer e entrar para a AVMF. 
...
Kamov Ka-52 
 
O Ka-52 é um helicóptero de apoio a tropas em solo, será o sucessor do Ka-29 para os novos navios da Classe Mistral que farão parte da VMF em um futuro próximo. Já se iniciaram os testes do Ka-52 em embarcações variadas da Marinha Russa. 
...
Tupolev Tu-142

O Tu-142 é uma aeronave que não possui sucessores, ao menos por enquanto. Das unidades em serviço algumas do padrão M3 poderão receber cabides de míssil para o lançamento do Kh-35 Uran anti navio.
*
Se vc quer gostou e quer deixar sua opinião sobre seu avião de combate preferido, acesse:
Qual avião de combate vc mais gosta ?
*
Vc também pode se interessar por:
Forças Armadas da Rússia

Aviões de combate da Força Aérea Russa (VVS)

 Hoje a Forca Aérea Russa, ou VVS abreviação de Voyenno-vozdushnye sily Rossii (em russo Военно-воздушные cилы России) conta hoje com cerca de 1330 aeronaves de combate, entre ativas e na reserva. Um número modesto, considerando que a sua rival ainda USAF possui cerca de 2000. Após o colapso da URSS a Força Aérea Soviética e a USAF estavam com uma quantidade equivalente, cerca de 1750 aviões de combate para cada lado, com a queda da URSS, a Rússia sem verba para repor suas divisões reduziu a produção de aeronaves de combate para atender somente o mercado de exportações.
...
Programas de atualizações das aeronaves de combate soviéticas foram criados desde a metade dos anos 90, porém só estão sendo colocados em prática agora, com cerca de 15 anos de atraso. Após esse período de crise, a nova Rússia estabeleceu grandes reformas e atualizações envolvendo desde demissão de pessoal, desativamento de bases até a modernização e construção de novas aeronaves.
...
Esse programa todo visa atender a Rússia como um país emergente, com mesmo PIB do Brasil, porém com uma Força Aérea moderna e eficaz. Como comparativo, a FAB hoje tem somente 63 aviões de combate, sendo que desses, 51 são F-5EM e o restante Mirage 2000.
...
Atualmente com cerca de 550 aeronaves de combate soviéticas desatualizadas na reserva, dentre elas os Mig-29, 31 e Su-27, pode se afirmar que dentro de um futuro próximo a VVS tenha ainda menos unidades de combate que hoje. Pode parecer que a diferença qualitativa entre a USAF e a VVS é muito grande, mas temos que considerar que a USAF ainda utiliza aeronaves antigas como os F-15A na Guarda Aérea Nacional e que mais da metade dos 2000 caças são limitados ou obsoletos F-16 Falcon.
...
Mikoyan Mig-29
 O caça médio soviético Mig-29 ainda faz parte da atual Força Aérea Russa. Cerca de 300 aviões desse tipo permanecem estocados na reserva.
...
Mikoyan Mig-29S
 O Mig-29S é o upgrade do modelo soviético, com atualizações tecnológicas do início dos anos 90, a versão pode transportar mísseis R-73, R-27E e R-77, que lhes dão igualdade em combate diante dos modernos caças ocidentais. A Força Aérea Russa mantém 194 dessas aeronaves ativas como caça médio.
...
 Mikoyan Mig-29SM
 O SM é o último modelo de Mig-29 fabricado, já é uma aeronave moderna, com capacidade para ataque e combate aéreo. Atualmente 48 unidades fazem parte da VVS.
...
Mikoyan Mig-29SMT
 A designação SMT é aplicada ao atual upgrade do Mig-29 feito exclusivamente para a VVS. Suas capacidades e tecnologias o colocam no topo da lista dos 10 Melhores Aviões de Combate Médios. A Força Aérea Russa pretende dentro dos próximos 8 anos, converter 150 Mig-29S para o padrão SMT. Até agora 34 aviões já foram convertidos e estão ativos na VVS.
Mais sobre o Mig-29SMT em:
10 Melhores Aviões de Combate Médio
...
Mikoyan Mig-31
 
O Mig-31 é o mais rápido avião de combate que existe, em grande altitude, o avião pode chegar a mach 2,85. Seus mísseis R-33 são os de maior alcance dentre todos AAMs, podendo atingir alvos como um E-3 Sentry a mais de 200 km de distância. A VVS conta hoje com cerca de 178 ativos e mais de 150 na reserva.
Mais sobre o Mig-31 em:
...
Mikoyan Mig-31BM
O Mig-31 passa por um programa de atualização para o novo padrão BM (Mig-31BM), que consiste na susbstituição de eletrônicos, radar e a possibilidade de transportar mísseis R-77 RVVAE de radar ativo e mísseis Kh-31 para supressão de defesas. Hoje a Rússia conta com 10 Mig-31BM de um programa de modernização previsto para até 2020.
Mais sobre o Mig-31BM
...
Sukhoi Su-27S
O Su-27S é a resposta soviética ao F-15A Eagle norte americano. O avião possui um design característico que lhe permite um bom desempenho com excelente manobrabilidade. Sua entrada em serviço gerou a criação de um programa norte americano para a substituição dos F-15A por uma aeronave mais "furtiva" pois em manobrabilidade e capacidade de combate o Su-27S era inatingível. Hoje perto de 100 Su-27S soviéticos estão estocados na reserva da VVS.
...
Sukhoi Su-27M
O Su-27M é um avião que sucedeu o modelo soviético descrito anteriormente. O Su-27M se equipara em tecnologia ao F-15C norte americano, porém com uma maior capacidade geral de combate. A VVS conta com 252 aeronaves que são destinadas ao combate na linha de frente.
...
Sukhoi Su-27UB
O primeiro avião de treinamento russo com capacidade total de combate é bem numeroso na VVS, mas infelizmente não se sabe ao certo quantas unidades estão ativas atualmente. Pela classificação russa, o Su-27UB ou UBM (melhorado) é contado junto com o Su-27M, pois ambos possuem mesma capacidade de combate.
...
Sukhoi Su-27SM2 & SM3
Como ocorre com os antigos Migs, a Rússia no intuito de manter a Força Aérea atualizada, o Su-27S também tem seu programa de modernização. O modelo SM2 está operacional desde 2007, pois ele testou toda a aparelhagem eletrônica, radar e motores do Su-35S, que desde então faz parte do pacote SM que vem sendo aplicado aos antigos Su-27. Até agora a VVS conta com 40 unidades dos modelos SM2 e SM3.
...
Sukhoi Su-30
O Su-30 foi o primeiro caça multifuncional russo produzido em série. Das mais de 200 unidades construídas, a maior parte é exportada, hoje 19 fazem parte da Força Aérea Russa. Mesmo sendo um concorrente direto do F-15E Strike Eagle, a VVS não pretende mais adquirir a aeronave, pois atualmente recebe o Su-34 que é otimizado para ataque.
Mais sobre o Su-30 em:
Su-30 agora com o BrahMos
...
Sukhoi Su-34
 Apesar de não ser exatamente um avião de combate, o Su-34 possui uma capacidade secundária de executar tanto missões de combate corpo a corpo como interceptações. Seu novo radar SH141 B004 lhe permite uma capacidade de localização de caças a 120 km de distância, sendo possível a monitoração de 10 potenciais alvos e o engajamento simultâneo de até 4 alvos prioritários. A VVS tem hoje 15 desses aviões do lote inicial de produção, que pretende abastecer a Rússia com um total de 70 unidades.
Mais sobre o Su-34 em:
Su-34 em 2012
Base aérea de Baltimore
Sukhoi Su-34
...
Sukhoi Su-35
O Su-35 é a evolução direta do Su-27 soviético. Seu vôo inaugural foi em 1988, porém sua produção não entrou em série devido ao colapso da URSS. Nos anos 90 alguns poucos foram produzidos como aeronaves de teste e desmonstradores de tecnologia, mostrando ao mundo sua super manobrabilidade, inigualável até hoje. Cerca de 15 aviões desses permanecem ativos na VVS como aeronave de caça e superioridade aérea.
...
Sukhoi Su-35S
Hoje o Su-35S é a mais moderna e poderosa aeronave de combate existente. Sua capacidade de combate supera qualquer outra aeronave, utilizando uma combinação de mísseis, radar, desempenho e manobrabilidade. As entregas à Força Aérea Russa se iniciaram em 2011 com duas unidades.
Mais sobre o Su-35S em:
Su-35S o mundo está preparado ?
...
Futuros caças da VVS
...
A VVS pretende incorporar duas aeronaves de combate dentro dos próximos 4 ou 5 anos. O Mikoyan LMFS ainda não está oficialmente encomendado, mas mesmo assim merece ser citado pois não deixa de ser uma proposta plausível dentro do atual cenário do combate aéreo.
...
Mikoyan Mig-35
 O Mig-35 é a última proposta em tecnologia de combate oferecida pela Mikoyan. Sua capacidade de combate se equipara ao Eurofighter Typhoon. A VVS tem 30 dessas aeronaves encomendadas, de um 1º lote, para a substituição dos Mig-29 mais antigos que serão desativados esse ano.
...
Sukhoi PAK-FA
O caça multifuncional stealth russo tem ainda um longo caminho de testes a percorrer desde seu 1º vôo em janeiro de 2010.  Com 3 protótipos voando, a VVS pretende receber seu protótipo de testes em 2013 para assim liberar a produção da aeronave. A previsão é para que as entregas se iniciem em 2014 ou 2015.
Mais sobre o PAK-FA:
Sukhoi PAK-FA

...
Mikoyan LMFS
Com a proposta de um novo caça monomotor de baixo custo e capacidades similares ao novo F-35 Lightning II norte americano, a Mikoyan encontra-se em um projeto de um multifuncional de categoria leve, abaixo do Mig-29. Os caças monomotores não são fabricados na URSS desde 1985, mas são numericamente maiores que os bimotores, pois são produzidos numa velocidade duas vezes maior com menor custo. Como é de praxe na Rússia, nada se sabe sobre as imagens de como deve ser o LMFS, mas boatos pela net dizem que ele será uma aeronave com tecnologias stealth ou semi stealth, monomotor e similar ao Mig 1.44 (foto acima).