Pesquisar

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Sukhoi Su-24

Sukhoi Su-24 aeronave supersônica  de ataque
 Desenvolvido no final da década de 60, o Su-24 ainda é a aeronave de ataque tático mais importante da Rússia assim como para mais 9 países usuários.
 O Su-24 veio preencher a lacuna nos anos 70 de uma aeronave com capacidades de ataque em velocidades supersônicas em condições adversas de tempo e temperatura, de dia ou de noite, em baixas altitudes. Assim como seus concorrentes diretos, o F-111 Aardvark, o Panavia Tornado IDS e o Mirage IV.
 Para um desempenho compatível com as necessidades do projeto, visando velocidade, carga de armas e autonomia, o Su-24 foi equipado com os motores Lyulka AL-21F (os mais modernos na época) e asas de geometria variável.
 Hoje o Su-24  ainda se destaca entre as aeronaves de ataque atuais, vide: Top 10 Ataque Supersônico.
 Cockpit de um Su-24M produzido no início da década de 90. Apesar de algumas melhorias a maioria dos aviônicos e eletrônicos ainda continuam com o mesmo padrão dos anos 90. De 2000 a 2009 os Su-24M receberam novas armas como os mísseis Kh-31A/P e Kh-59MK e a bomba guiada KAB-500KR, além do HUD utilizado no Su-27SM e melhorias no sistema de navegação, controle de armas e defesa aérea. Esses últimos receberam a designação de Su-24M2.
 Em sua maioria, os aparelhos eletrônicos mais modernos são montados externamente em "pods" ventrais (como visto acima). Pode parecer estranho e de grande arrasto aerodinâmico mas a medida é padrão em aeronaves tanto de ataque como de caça, levando em consideração que hoje quase todos F-15 e F-16 da USAF carregam "pods" eletrônicos externos.
...
Armamento
 O projeto do Su-24 visava desde o início a capacidade de transporte de qualquer arma ar-superfície tática do arsenal soviético e ainda hoje, o Su-24M2 (modelo atual) pode transportar qualquer arma tática ar superfície do arsenal russo:
mísseis ar-ar (AAM): 2 × R-60
mísseis táticos ar-superfície (ASM): todos do arsenal russo

foguetes não guiados:192 (6 × 32) × 57 mm
120 (6 × 20) × 80 mm
30 (6 × 5) × 122 mm
4 × 240 mm
6 × 266 milímetros
bombas: de queda livre, guiadas a laser e infra-vermelho e bombas de fragmentação
3 × 1500 kg (FAB-1500 ou KAB-1500L/TK)
7 × 500 kg (KAB-500L/KR ou ST-500)
10 × 500 kg (FAB-500, RBK-500)
30 ou 16 × 250 kg (FAB-250, RBK-250)
38 × 100 kg (OFAB-100)
canhão auxiliar (cabides): 3 × SPPU-6 de 23 mm GSh-6-23 , com 400 cartuchos cada

Variantes
 Apesar de ser projetado para ataque, o Su-24 mostrou se eficaz para executar outras funções como o reabastecimento em vôo, como pode ser visualizado acima.
O Su-24MR é uma versão de reconhecimento tático, produzida de 1983 a 1993.
 Su-24MP versão de escuta eletrônica (ELINT), utilizada apenas pela Rússia.


Modernização
 Na foto acima é possível a visualização de um "pod" ventral, em um Su-24M2 (modernizado), do modelo "Phantasmagoria" que tem como finalidade a recepção de sinais de radar hostis e fornecer a informação necessária ao operador de armas para o uso de mísseis anti-radar.
...
Aposentadoria
 Como ocorreu com os F-111 americanos, atualmente os países visam mais o uso de aeronaves multifunção, sendo assim os Su-24 e os Tornado ADV (seu concorrente direto) estão sendo retirados de serviço ao passo que novos caças multifunção vem tomando cada vez mais o mercado de aeronaves táticas de ataque.
...
 Usuários
Com o fim da URSS muitos Su-24 foram exportados com a designação de Su-24MK.
 Rússia: 200 Su-24M (provavelmente alguns inativos) , 30 Su-24M2 e 100 Su-24MR na VVS
a AVMF opera cerca de 80 Su-24M e Su-24MP, quase metade deles encontram-se na reserva e ainda se espera o upgrade do modelo 24M para o 24M2.
Angola: 12 unidades ativas
Argélia: 38 unidades. Na foto acima um Su-24M em Komsomolsk on Amure já pintado nas cores da força aérea argelina.
Azerbaijão: 5 remanescentes da URSS
Bielorússia: 35 remanescentes da URSS
Cazaquistão: 12 remanescentes da URSS
A força aérea iraquiana também utilizou o Su-24, porém quando a forças da ONU estava próxima da conquista do Iraque, todos os Su-24 foram enviados para o Irã. No desenho acima vemos a concepção artística de como seria o Su-24 iraquiano.
Irã: 30 unidades, herdadas do Iraque
A força aérea líbia també utilizou ou ainda utiliza os Su-24, mas devido à guerra civil e revolução, ainda é cedo para dizer quantas aeronaves permaneceram em serviço.
Síria: 20 unidades ativas
Ucrânia:  36 Su-24M, poucos Su-24MR e cerca de 40 Su-24 mais antigos provavelmente inativos
...
Abaixo o link para a página oficial da web: 
...

Nenhum comentário:

Postar um comentário