Pesquisar

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Mais sobre o K-84 Ekaterinburg

Ontem o vice primeiro ministro russo Dimitry Rogozin, encarregado da indústria de defesa, disse via internet que o Ekaterinburg sofreu um "incêndio de grandes proporções" e que "o revestimento de borracha foi o motivo da propagação do fogo".
Também pelo mesmo foi dito sobre a situação do submarino, que "a região atingida foi a do sonar e do compartimento de torpedos" que certamente deve ser toda substituída.
Como o submarino se encontra em Murmansk e deve ser transportado até Severodvinsk, deve se esperar meses mais quentes e consequentemente o derretimento do gelo para a passagem da doca contendo o submarino, que deve ser arrastada por rebocadores. Assim a saída do K-84 de Murmansk só será em maio ou junho.
O custo total da reparação foi estimado em 1,2 bilhões de rublos e que o submarino seja devolvido a VMF antes de 2015.
Com a construção de uma plataforma petrolífera, o porta aviões indiano Vikramaditya, a reforma do cruzador nuclear Admiral Nakhimov e ainda os trabalhos do período final da conclusão do Yuri Dolgorukiy e do Alexandr Nevsky, o reparo do Ekaterinburg não é prioridade, pois a troca de seus reatores nucleares estava prevista para 2013, quando completaria 10 anos de sua última troca. A o reparo e a troca de reator será realizada somente nos meses quentes, deixando os estaleiros cobertos para a construção de novos submarinos.
link para mais informações em ordem cronológica:
...

Nenhum comentário:

Postar um comentário