Pesquisar

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Cruzadores da Marinha Russa

 Pyotr Velikiy (Projeto 1144 Orlan)
São os maiores e mais poderosos navios de guerra do mundo, foram construídos de 1974 a 1996 nos Estaleiro do Báltico. Ao todo 4 navios foram construídos e hoje um deles está em serviço ativo como nau capitânea da Frota do Norte, um está em reformas e dois aguardam ser reformados para voltar à VMF antes de 2020.
...
 Varyag (Projeto 1164 Atlant)
São cruzadores especializados no combate naval, seu sistema de 8 lançadores duplos de mísseis P-1000 Vulkan, o tornam o mais capaz dentre todos navios de superfície, tanto a realizar um ataque a uma força tarefa norte americana ou frota naval inimiga. Atualmente três estão em serviço na VMF e um aguarda a retomada do trabalho de construção.
 ...
Kerch (Projeto 1134B Berkut-B)
O último de 7 navios do Projeto 1134B Berku-B, o Kerch é um cruzador anti submarino que faz parte da Frota do Mar Negro. Desde seu comissionamento em 1976 o Kerch já participou de várias missões no Mar Negro e no Mediterrâneo. De 2005 a 2006 o cruzador foi totalmente reformado para se manter em atividade até a entrada em serviço do Admiral Lobov.
...
Hoje somente três marinhas operam cruzadores, são elas a US Navy com 22 navios da Classe Ticonderoga, a VMF com 5 navios e a Marinha Peruana com um cruzador da Classe De Zeven Provinciën, fabricado na Holanda. Algumas marinhas utilizam navios de grande porte, de deslocamento até superior aos cruzadores atuais com a designação de destróier. Tais navios são tão poderosos quanto um cruzador, se comparado seu armamento e desempenho.
...
 Abaixo segue um diagrama com as principais classes de grandes navios de superfície em serviço na atualidade, assim como sua capacidade de defesa anti navio (verde), anti aérea (lilás) e ASW (amarela).
...


...
mais sobre o assunto em:
...

Nenhum comentário:

Postar um comentário