Pesquisar

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Fotos recentes do Mig-25, o avião mais rápido do mundo

Essas fotos são de agosto e setembro de 2011, do Mig-25RB e do Mig-25RU, o avião mais rápido do mundo na atualidade.


Nota-se que a foto é recente pela inscrição ВВС России, característica do ano atual de 2011.


Em novembro de 1971 radares israelenses detectaram uma aeronave Mig-25R da Força Aérea Síria sobrevoando o Sinai a mach 3.2, isto é, considerando a velocidade do som a 11.000m de 1064km/h, 3404,8km/h.


Atualmente a ВВС России, opera 42 Mig-25, sendo eles das versões RB e RU, de reconhecimento e treinamento respectivamente. Essas aeronaves foram produzidas até a metade dos anos 80, sendo atualmente os mais antigos aviões da Força Aérea Russa.


 Sem similares no ocidente, o Mig-25RB pode utilizar de sua grande velocidade para fugir de qualquer outra aeronave adversária, porém sua eficácia em fuga perante modernos mísseis terra-ar é limitada, já que alguns desses mísseis ultrapassam mach 4.


 Apesar do Mig-25RB ter a capacidade de transportar até 4000kg de bombas em 4 cabides sobre as asas, normalmente a aeronave se apresenta "lisa", ou seja sem os cabides para armas.




 O Mig-25RB tem sua versão de treinamento, o Mig-25RU com dois cockpits em tandem separados, como pode ser visto nas fotos abaixo:


Devido à resistência aerodinâmica, o modelo RU tem um teto operacional, alcance e principalmente uma velocidade menor que a versão RB.


Durante os anos de crise por quais a Rússia passou nos anos 90, algumas dessas aeronaves foram utilizadas para "turismo", onde qualquer civil que pagasse, poderia ter um passeio além da estratosfera, onde é possível visualizar a curvatura da terra.


Desde meados dos anos 2000, o programa "turístico" space travellers como era conhecido não existe mais, porém os Mig-25RU ainda permanecem em serviço, treinando pilotos da VVS.


Mesmo antigo e tido pelo ocidente como "obsoleto" os Mig-25RB e RU da VVS ainda não tem previsão de aposentadoria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário