Pesquisar

Carregando...

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Top 10 melhores helicópteros de combate

Outro dia estive vendo um programa no canal Discovery Turbo sobre os 10 melhores helicópteros de combate do mundo, o 10º da lista era o Mi-24/35 e o 1º o Bell UH-1 Huey...tsc tsc tsc, coisa típica de amador que nada entende sobre o assunto. Na minha opinião o top 10 fica assim:
***
1° Lugar: Mi-24/35
Sem dúvida, ainda sendo fabricado após 39 anos de serviço, com 56 países usuários pelo mundo afora e 24 guerras no histórico, o Mi-24 é o melhor helicóptero de combate de todos, pois além do reconhecimento de campo, apoio aéreo e a destruição de tanques e blindados, o Mi-24/35 ainda possui a capacidade de resgate, limitada a apenas 8 pessoas, mas em comparação a todos a seguir é notável, pois os outros tem somente a função de combate. Hoje a produção do Mi-24/35 já ultrapassou a casa das 2000 unidades e dessas 360 ainda servem na Rússia, seu país de origem. O Mi-24 é o único helicóptero de ataque utilizado pela ONU e o modelo para exportação Mi-35 é o único do tipo a operar a serviço da FAB.
***
2º Lugar: Kamov Ka-50/52
Apesar de só existirem 27 helicópteros desse tipo somente a serviço das Forças Especiais Russas, dei ao Ka-50/52 o 2° lugar pois ele dentre todos os helicópteros de combate tem a capacidade de ejetar as pás e em seguida ejetar o piloto e co-piloto, sua concepção única de rotores coaxiais fazem com que os 4800 hp de potência das duas turbinas sejam 100% aproveitados, diferente dos modelos convencionais onde cerca de 30% da potência é destinada a movimentação do rotor traseiro. O Ka-50 está operacional na Rússia desde 1995 e sua última versão, o Ka-52 é operacional desde 2008. Testes foram realizados com esse helicópteros em regiões montanhosas de grande altitude e temperaturas abaixo dos 30°, onde nenhum outro helicóptero  tem capacidade de operar. O Ka-50 mostrou sua eficácia em combate da Guerra da Chechênia contra as forças dos rebeldes separatistas. O Ka-52 será o helicóptero de ataque baseado nos novos navios da Classe Mistral que entrarão em serviço na VMF a partir de 2015, ele substituirá o atual Ka-29 que por ter um uso limitado não o coloquei na lista.
***
3° Lugar: Mi-28
Escolhido desde 2006 para ser o sucessor do Mi-24 nas Forças Armadas Russas, o Mi-28 merece a 3º colocação pois tem uma ligeira vantagem em desempenho, blindagem, razão de subida e armamento sobre o seu concorrente americano o AH-64 Apache. Mesmo tendo somente 48 exemplares em serviço, o Mi-28 utiliza o mesmo sistema de propulsão do Mi-24/35 e consequentemente o mesmo do Mi-8, que é o mais utilizado e produzido (até hoje) dentre todos helicópteros militares no mundo. Se ele é o escolhido para substituir o nº 1 nada mais justo que a 3º colocação.
***
4º Lugar: AH-64 Apache
Sem dúvida o Apache é dentre os helicópteros ocidentais o melhor, apesar de ser amplamente divulgado pela mídia, dei ao Apache o 4° lugar pois ele tem um desempenho ligeiramente inferior aos 3 citados acima e seus aparelhos eletrônicos como miras óticas, infra vermelha e noturna também estão disponíveis nos modelos russos. O Apache é um bom helicóptero, mas deve se levar em consideração que o US ARMY necessitava da substituição desse modelo, pois na década de 90 seu sucessor foi desenvolvido. O programa RAH- Comanche tinha a intenção de superar o Apache e se equiparar em desempenho ao Kamov Ka-50, porém foi cancelado devido à falta de verbas. O Apache está em serviço a 25 anos, participou de 8 guerras, é usado por 12 países e sua produção chegou a casa de 1164 unidades.
***
5º Lugar: AH-1W Super Cobra
O AH-1W Super Cobra é a evolução do AH-1 Cobra, então não seria justo que o Cobra viesse antes dele. De desempenho ainda inferior ao Apache, o Super Cobra é o atual helicóptero de ataque do USMC. Seu desempenho limitado deve-se ao fato dessa aeronave ser um modelo "embarcado", isto é, transportada por navios de desembarque, então ela obrigatóriamente deve ser menor e mais leve. Já o Apache é limitado apenas pelo custo operacional e de produção, pois opera a partir de bases terrestres. O Super Cobra em seus 25 anos de operação a serviço do USMC, que conta com 167 unidades, já participou de 4 guerras e atualmente está sendo substituído pelo AH-1Z Viper, a evolução do Super Cobra.
***
6º Lugar: AH-1 Cobra
O Bell AH-1 Cobra é o helicóptero de combate que está a mais tempo em serviço (40 anos) e foi o pioneiro de sua categoria em todo mundo. Apesar de possuir um desempenho abaixo dos modelos a seguir, o Bell Cobra deu origem a mais dois modelos (Super Cobra e Viper) já participou de 9 guerras e sua produção chegou a 1104 unidades. Hoje o Cobra não é mais operado pelos EUA (seu fabricante) mas ainda é utilizado por 4 países.
***
7° Lugar: Eurocopter Tiger
O Tiger é o helicóptero de ataque padrão para a União Européia, hoje o modelo é utilizado por 4 países e sua produção chega a 51 unidades. O Tiger está em serviço a 8 anos, o histórico de combate ainda é limitado, pois de 3 halicópteros deslocados ao Afeganistão em 2009, um foi perdido em acidente em fev/2011. Hoje algus Tiger operam a partir do navio de desembarque francês Tonerre em apoio às tropas que lutam na Líbia.
***
8º Lugar:  CAIC WZ-10
O CAIC WZ-10 é o novo helicóptero de ataque da China, que nunca operou modelos similares. Com 8 unidades e um ano de serviço ainda é cedo para determinar sua eficácia, porem como os concorrentes americanos e russos, o WZ-10 opera toda a gama de sensores e armas dos "primeiros da lista", e levando em consideração a capacidade superior da China em produção, em breve certamente o WZ-10 vai dar o que falar.
***
9º Lugar: Agusta A129 Mangusta 
O projeto do Mangusta teve início em 1980, quando a Itália o produziria junto com a Alemanha, que desistiu da joint venture logo em seguida. Já em 1986, a Inglaterra e a Holanda também se interessaram, porém seu desempenho limitado fez com que os outros países escolhessem o Apache. Eu não achei justo colocá-lo em 10º pois o Mangusta após 21 anos a serviço o Exército Italiano já foi utilizado em missões na Macedônia, Angola e Somália. Três Mangusta foram mobilizados durante a retirada das tropas italianas do Iraque, mas não entraram em combate e atualmente 12 deles estão no Afeganistão. Sua produção chegou a 60 unidades das quais 56 são operadas atualmente pela Itália.
***
10º Lugar: Denel AH-2 Rooivalk
O Denel AH-2 Rooivalk é o maior dentre todos helicópteros de combate, sendo 1,23 m maior que o Mi-24, porém ao contrário do russo, o Rooivalk não possui capacidade de carga interna. Seu desempenho geral não justifica suas grandes dimensões, por isso dei a ele o 10º lugar. O helicóptero é um projeto Sul Africano que já está em serviço a 12 anos. Hoje a força aérea da África do Sul conta com 11 Rooivalk, que ainda continua em produção limitada.
***
Helicópteros que não entraram na lista:
Kawasaki OH-1: O modelo japonês de reconhecimento tem peso, desempenho e potência muito inferior aos demais, apesar de ser armado ele não possui um canhão fixo e não creio que possa ser considerado um helicóptero de combate.
Kamov Ka 29: Apesar de ter sido usado na Guerra da Chechênia, o Ka-29 não é mais fabricado desde 1996 e possui um uso limitadíssimo. Sua quantidade em serviço ativo também é questionada, além do fato do modelo não possuir um canhão e sim uma metralhadora rotativa de 6 X 7,62 mm.
Helicópteros de ataque derivados de modelos civis: Não possuem manobrabilidade e desempenho comparáveis aos modelos desenvolvidos especialmente para combate.
Helicópteros de ataque em desenvolvimento: É impossível comparar um modelo em desenvolvimento a um modelo de eficiência comprovada.
***
Tabela comparativa com os principais dados dos top 10

20 comentários:

  1. Sou Fã de Helicópteros e adorei seu blog, informações fáceis para que não conhecem e as criticas foram perfeitas, valew!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grato pela vistita e pelo comentário Eduardimmm !

      Excluir
  2. Gostei e acho que o Ka-52 é melhor que o Mi-24 pois seus 2 Rotores o ajudam mais em combate manobras, mais o Mi-24 é o tanque voador, tem mais armamentos que qualquer helicoptero....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Mi-24 é melhor, não tenha dúvidas

      Excluir
  3. ai cara curti esse blog ai e legal
    mas queria saber se tem outros sites que dao mais detalhes dos helicopteros...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tem vários, e só copiar o nome deles e colar no Google que aparece muita informação sobre esses helicópteros de combate

      Excluir
  4. Parabéns pelo blog. Vou passar a acompanha-lo.

    ResponderExcluir
  5. É essa maldita americanização que nos persegue. Tenho raiva nos telejornais nacionais que colocam propaganda da nasa, dizendo que ela vai estudar, a lua de júpiter, que vai mandar astronautas para marte que vai mandar sonda orbitar um buraco negro, que vai construir uma máquina do tempo, uffa quanta besteira... mas se esquecem de dizer a verdade... a nasa "pega carona" em foguetes russos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em alguns segmentos da tecnologia os russos são realmente superiores, mas deve se ressaltar que eles não dominam todas as tecnologias norte-americanas

      Excluir
  6. parabéns mesmo pelo blog...você se tornou referencia no assunto ,para muitos de nós amantes e pesquisadores das forças bélica mundial.

    ResponderExcluir
  7. Na minha opinião o RAH-66 Comanche é o primeiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sua opinião seria de grande valia caso o Comanche fosse um helicóptero de combate, não uma proposta inviável e abandonada a 10 anos atrás com apenas 2 protótipos de teste construídos...

      Excluir
  8. Respostas
    1. 9° lugar certo ? ou se esqueceu de ler a postagem antes de comentar ???

      Excluir
  9. Usou Critério do mais usado ? se for essa , os mais antigos vão ficar em primeiro lugar sempre

    ResponderExcluir
  10. belo post, mas se liga na gramática. "Opera há 8 anos", e não "opera a 8 anos".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cristiano, de todos comentários que recebi até hoje, esse seu é o mais inteligente, bem colocado e de extrema importância, afinal estamos em um país de 1° mundo, onde a educação é impecável e o português utilizado na net é perfeito, seguindo em sua totalidade as regras atuais de Língua Portuguesa. Sou humano, digito os textos e não os copio, assim mil desculpas pelo meu erro !

      Excluir